Impropriedade da expressão “violência obstétrica”

O Ministério da Saúde por meio da Secretaria de Atenção à Saúde (Departamento de Ações Programáticas Estratégicas) publicou no último dia 3 de maio, documento que atesta a impropriedade da expressão “violência obstétrica” no atendimento à mulher, pois acredita-se que, tanto o profissional de saúde quanto os de outras áreas, não tem a intencionalidade de prejudicar ou causar dano. Leia o documento na íntegra aqui

Próximos Eventos

Últimas Notícias

Boletins

Endereço

Av. Ipiranga. 5311 – Sala 201

CEP: 90610-000

Porto Alegre/RS

Telefones

Atendimento

Das 10h às 16h

© 2017 Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Rio Grande do Sul. Todos Direitos Reservados